BIOPROTOMATE - Bioprotecção de Tomateiro contra a fusariose
BIOPROTOMATE - Bioprotecção de Tomateiro contra a fusariose

BIOPROTOMATE

Bioprotecção do Tomateiro contra a fusariose

O projeto BIOPROTOMATE pretende demonstrar que pela alteração do calendário de algumas das operações culturais, associada à introdução de uma cultura de cobertura durante o período de Inverno, se pode conseguir a micorrização precoce do tomateiro pelos fungos endomicorrízicos arbusculares (AMF) nativos do local e assim conferir-lhe um apreciável grau de bio-protecção contra o Fusarium, favorecendo a produção de tomate (até mais 20%).

O projeto BIOPROTOMATE permitirá disseminação e difusão de novos conhecimentos e tecnologias gerados no âmbito da investigação previamente desenvolvida pela equipa.

O campo agora

Campo de Pancas, 2 meses após a plantação
Agosto, 2022

NOTÍCIAS